Banner Destinos Internacionais 728x90
Traduzir:
Além de Lisboa - Um dia em Cascais, Boca do Inferno e Cabo da Roca

Além de Lisboa - Um dia em Cascais, Boca do Inferno e Cabo da Roca


Postado em Europa - Portugal, em 07/Setembro | 321 Visualizações

 

Pra quem tem pouco tempo em Portugal eis um roteirinho curto pra você fazer um bate-e-volta a partir de Lisboa.

 

A primeira parada é na linda Cascais, que fica a apenas 25 minutos do centro de Lisboa.

 

 A vila praiana era o destino de verão da família real portuguesa e hoje é conhecida como a riviera de Portugal.

 

Durante a segunda guerra, várias pessoas importantes iam pra lá à procura de sossego, já que era território neutro.

 

Paramos o carro na Av Dom Carlos I, com maquininhas de tickets estacionamento (espécie de zona azul), bem em frente ao Palácio da Cidadela, residência real de veraneio. Veja aqui informações para visitas.

Seguindo em direção ao mar, paramos pra fotografar a estátua de bronze de Dom Carlos I.

 

Várias fotos na linda Praia da Ribeira de Cascais

 

Seguimos pelas lindas rua Passeio S Luis, alameda Combatentes da Grande Guerra e outras ruas do centro, admirando a arquitetura, lojinhas e restaurantes.

 

Almoçamos um delicioso peixe no Restaurante Duke no Largo Luis de Camões.

Lá você tem várias opções de restaurantes.

 

Se tivesse mais tempo conheceria as praias da Rainha, da Conceição e da Duquesa. Mas há muito mais o que se fazer em Cascais, como museus, marina, faróis...

 

Depois seguimos para a maior atração de Cascais, só mais 1,5Km (dá pra ir a pé): a Boca do Inferno.

 

Tenho certeza que a imagem desse lugar nunca vai sair da sua mente!

E nem o barulho das ondas batendo nas pedras rsrs

 

Coloque no GPS o endereço do restaurante Mar do Inferno (Av. Rei Humberto II de Italia - Boca do Inferno 2750-800, Cascais). Tem estacionamento público bem em frente.

Se você não tiver almoçado no centro de Cascais, acho que a experiência nesse restaurante vale muito a pena, apesar do preço ser mais caro. Confira: http://www.mardoinferno.pt/

 

O paredão de rochas que forma uma cavidade, conhecida como Boca do Inferno, recebeu esse por causa do barulho das ondas se chocando com as pedras.

 

Mas, como todo lugar turísitco que se preze, ainda mais com um nome assim, tem que ter uma lenda por trás...: 

Reza a lenda que uma moça muito bonita que morava por perto foi prometida a um feiticeiro poderoso, mas apaixonou-se por um cavaleiro.

O noivo ciumento fez surgir uma forte tempestade, revoltando o mar e fazendo até a terra tremer. A fenda se abriu nas rochas e sugou os amantes pra dentro do mar, e nunca mais se fechou!

Assim fica ainda mais interessante conhecer o lugar, né?!

 

Percorrendo mais 16Km de carro chega-se ao Cabo da Roca.

São quase 150 metros de altura de rochedos!

 

Considerado o ponto mais ocidental da Europa, além de estar na região central de Portugal, era o lugar perfeito para um forte militar, com boa vião do mar para controlar as embarcações.

O farol é do século 18, construído a mando do Marquês de Pombal. Todas as quartas abre para visitação interna.

 

Mas o local mais fotografado, é o monumento com uma cruz que fica no centro do miradouro.

Lá tem uma placa com as coordenadas geográficas da "ponta mais ocidental européia", além de um pedaço da tão famosa citação de Camões em Canto III dos Lusíadas: "Eis aqui, quase cume da cabeça de Europa toda, o Reino Lusitano, onde a terra se acaba e o mar começa e onde o febo (Sol) repousa no oceano..."

 

Tem boa estrutura para receber os visitantes, com estacionamento, restaurante e, claro, lojinha.

Só depois de voltar, soube que no posto de informações turísticas é possível pegar um certificado de presença ao ponto mais ocidente do continente europeu... Muito legal!


Terminando esses três lugares, você pode fazer como nós, que seguimos pra linda Sintra (18Km), ou voltar para Lisboa (41Km).

Se for voltar para Lisboa e ainda estiver cedo, pode passar no Palácio Nacional de Queluz, que fica a apenas 20 minutos de Lisboa.

 

Veja o roteiro todo da nossa viagem.

DICA: Se não estiver de carro, saiba que no Cais do Sodré sai um comboio regular direto para Cascais – CP, das 5h30 da manhã até as 1h30 da manhã. 

Só não há transporte público até o Cabo da Roca.

 

É SUA PRIMEIRA VEZ EM LISBOA?

APROVEITE AS DICAS DO BLOG VIAJANTE COMUM!

          

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Viajante Comum)

Comentários

Sandro comentou:
"Não há como descrever a visão do mar batendo nas rochas, como se ali fosse o fim da terra e o começo das águas. Inesquecível!"


Comente:



TAGS

cascais, portugal, lisboa, sintra, um dia em cascais, roteiro em cascais, cabo do roca, boca do inferno, como ir de lisboa ao cabo da roca, como ir de lisboa à cascais, bate e volta lisboa, bate e volta a partir de lisboa, perto de lisboa, de lisbo