Banner Destinos Internacionais 728x90
Traduzir:
5° Dia - PARIS (Levando a sogra pra ver o mundo)

5° Dia - PARIS (Levando a sogra pra ver o mundo)


Postado em Europa - França, em 12/Setembro | 1225 Visualizações

 

 

 

Hoje nosso passeio foi no Palácio de Versalhes - patrimônio mundial da Unesco.

Já foi morada de Luis XIV, XV, XVI e sua Maria Antonieta, e ainda de Napoleão Bonaparte.
Foi o principal quartel general durante o Império Alemão.

Estava bem cheio quando chegamos, às 9 da manhã. E mais cheio ainda quando saímos, perto do meio dia. Foi essencial o ingresso antecipado. Senão, teríamos que passar por duas filas imensas, a primeira para comprar os tickets e a segunda para entrar efetivamente.

O lugar é gigantesco e muito bem conservado.

Tem ouro nos tetos e paredes. Lustres de cristal e pisos de mármore.
Possui 700 quartos, 2 mil janelas e mais de 1000 lareiras.
É preciso cerca de 800 funcionários para sua manutenção.

Imaginem que a Antonieta só dormia junto do Rei quando queriam procriar. No restante dos dias, ela vivia em outra parte do Palácio. Notem: em outra grande parte, e não apenas outro quarto.


Não entendo essas camas tão pequenas num quarto tal enorme!

 

Por muito tempo foi museu.
 Muitas obras estavam lá antes de irem para o Louvre, como por exemplo, a famosa Mona Lisa.

Essa acima na direita é a "singela" capela.

 

Um dos quadros mais bonitos é a Coroação de Josefina, feita pelo próprio marido Napoleão, que arrancou a coroa das mãos do Papa e se auto coroou e também à sua esposa, para mostrar quem realmente mandava ali:


O ponto alto foi ver o salão dos espelhos (que estava fechado da outra vez que vim).

A sala tem dezessete espelhos em arco que refletem as dezessete janelas que dão vista para os jardins de aproximadamente 700 hectares.

É incrível imaginar uma festa aqui!

A tia Marlene disse que uma das filhas do presidente Juscelino fez a festa de 15 anos dela aqui, fretando até o voo dos convidados. Chique não? Quem pagou a conta?

Nos deixaram mais uma vez no Louvre, que estava fechado (sempre fecha às terças).

Dica de banheiro público, quer dizer, pago, dentro do Louvre: Paga-se 1,50Euro para usar um banheiro extramente limpo e bonito. Como banheiro público é complicado por aqui, achamos que vale a pena pagar. A cada usúário, limpam o banheiro  para o próximo.

Fomos de metrô até a estação Franklin Rooosevelt para andar pela Av Champs Elyseés.

Almoçamos em um restaurante italiano muito bom, que fica na própria avenida. A fome era tanta que esqueci de anotar o nome. Uma pena, porque a comida era boa e o preço ótimo pela localização.

Comemos salada, massa e sobremesa (tarte tatin) por 17 Euros.
Vinho da casa por 5 Euros (mesmo preço do refrigerante).

Aqui na França você pode pedir água "torneiral" que é boa, todos pedem e não é cobrada.

Caminhamos até o Arco do Triunfo. 

Eu a Giu fomos até a loja da BMW comprar as encomendas do Sandro, enquanto elas ficaram nos aguardando, apreciando o movimento de tanta gente que passa por aqui.

Acabaram desistindo de subir a Torre Eiffel, porque tinha muita fila e estava muito frio.

Passamos no supermercado, que fica pertinho do hotel. Compramos chocolates a preços mais acessíveis do que no free shop e lanchinho para jantar no hotel.

Amanhã começamos nossa viagem até a Itália!

 

Acompanhe a nossa viagem:

1° Dia - Chegando em PARIS

2° Dia - De PARIS a LONDRES de trem / Perdendo o Eurostar em Londres

3° Dia - PARIS

4° Dia - PARIS

6° Dia - GENEBRA e AOSTA

7° Dia -  VENEZA

8° Dia - RAVENNA e ASSIS

9° Dia - ROMA

10° Dia - FLORENÇA de trem

11° Dia - Retorno ao Brasil

Comentários

Sandro comentou:
"Ahh Paris, A vontade é de morar lá, nã apenas visitar de vez em quando. Quem sabe um dia... Parabéns pelo post, muito rico em detalhes e fotos. "


Comente:



TAGS

paris, versailles, versailes, palácio, champs elysées, josefina, arco do triunfo, paris no frio, restaurante, onde comer, europamundo, city tour em paris, um dia em paris, banheiro público em paris,