Banner Destinos Internacionais 728x90
Traduzir:
4° Dia - PARIS (Levando a sogra pra ver o mundo)

4° Dia - PARIS (Levando a sogra pra ver o mundo)


Postado em Europa - França, em 11/Setembro | 1154 Visualizações

Friozinho por aqui...

Hoje tomamos café no hotel e conhecemos nossa guia: Belen (espanhola).

Fala bem o português. Aliás, fala francês, espanhol, português, inglês, italiano...

A princípio achei bem mal-humorada, mas a impressão passou com os dias.

Nosso motorista sim é muito simpático e gentil, um italiano chamado Jhoni. Está sempre sorrindo pra todos.

                                           Campo de Marte - Torre Eiffel /Ópera Garnier / Assembléia

As 8:00h saímos para um city tour com um guia local - Mario, que adivinhem, brincou dizendo aos brasileiros q uenão é aquele que está atrás do armário e nem dentro...kkkkk

Foi muito bom e instrutivo. Passamos pelas principais atrações e monumentos (torre Eiffel, Notre Dame, Opera Garnier, pontes, Museu dOrsay, Inválidos, Escola Militar, campo de Marte, alguns metros quadrados mais caros de Paris, que chegam a 20000 euros/m², etc)

          Comprinhas??? Não nessa loja...kkkk

 

Nos deixaram no estacionamento do museu do Louvre as 11:30h.

Aproveitamos para conhecer esse gigantesco museu, que por ser feriado aqui, estava muito cheio (o feriado é na segunda após a Páscoa e não na sexta santa).

Foi encantador ver  a famosa Monalisa mesmo com tantas pessoas se apertando para fotografá-la. Obra conhecido pelo mundo todo, e por isso a emoção. No entanto, é impossível não se decepcionar com o pequena tamanho desta, perto de outras obras enormes. E foi exatamente o comentário da Sylvia. É que a gente vê tanta coisa linda, que fica se perguntando como é que exatamente este tem tanto destaque.

 

Após ver a Somatracia, Vênus de Milo e várias tantas obras espetaculares, fomos almoçar.

Escolhemos a brasserie Lê Termidor, na rua Sta. Honoré, que fica perto do Louvre.

Optamos pela formule de jour, com prato principal e sobremesa a 13,90 euros (uma bagatela para o local e qualidade da comida). Vinho da casa a 4 euros a taça (que é bem menor do que costumo usar em casa, nao é Sandro?..kkkk).

Entrecote saúce au ppivre frites salade (bife com fritas - kkkk) / Creme brullée

 

O restaurante é bem disputado. Como todos os outros por aqui, as mesas são apertadas. É como se você tivesse que se encaixar na mesa. Nem pensar em dar uma levantadimha pra tirar o casaco depois que sentou. Simplesmente não dá. Espaço é dinheiro por aqui.

Passadinha nas lojinhas da Rue de Rivoli e fomos para hotel nos arrumar, porque hoje temos traslado para o bairro boêmio de Montmatre.

 É lá que fica o Moulin Rouge, mas não nos animamos a pagar 120 euros por pessoa, para assistir ao espetáculo com direito a uma taça de champagne.

 

 

 

 

 

 

Para chegar até a igreja Sacre Couer (sagrado coração), nós subimos de bondinho, chamado de funiculare, que aceita o mesmo passe de metro que já tínhamos.
Melhor do que subir 330 degraus...

 

 

A vista é linda e o vento estava muito forte.  A igreja não é tão bonita por dentro como é por fora, então fomos andar pelo bairro, cheio de lojas e barzinhos.

Queríamos comer crepe, e foi um achado essa brasserie (cervejaria).

Estávamos procurando quando a Giu ouviu o som de piano ao vivo. 

Um lugar muito doido, excêntrico, que merece ser indicado. Eu a Giu adoramos. Mais voltado aos jovens, porque até a escada é feita de caixas. Teto baixo e paredes forradas de tranqueiras colocadas por quem passou por lá.

Comemos crepes salgado e doce por 9,90.

 Fotos,bilhetinhos, passes, cartões de visita.... Também deixamos o nosso!

Tomamos chocolate quente pra tentar aquecer a garganta, que a essa altura já esta bem judiada. Eu e a Sylvia parecemos uma sinfonia tossindo dentro do ônibus. Todos os passageiros vêm oferecer pastilhas e até xarope (acho q estamos incomodando...kkkk).

 

Acompanhe a nossa viagem:

1° Dia - Chegando em PARIS

2° Dia - De PARIS a LONDRES de trem / Perdendo o Eurostar em Londres

3° Dia - PARIS

5° Dia - PARIS

6° Dia - GENEBRA e AOSTA

7° Dia -  VENEZA

8° Dia - RAVENNA e ASSIS

9° Dia - ROMA

10° Dia - FLORENÇA de trem

11° Dia - Retorno ao Brasil

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar sobre esse POST!


Comente:



TAGS

paris, um dia em paris, europamundo, louvre, museu do louvre, monalisa, samotracia, crepe, brasserie, inválidos, campo de marte, le tire-bouchon, creperie, montmartre, funiculare, sacre couer, moulin rouge, rue de rivoli, creme brulle, lê ter